Dor de cabeça e zumbido são sintomas da perda de audição

Além dos ruídos inevitáveis, como o barulho do trânsito, shows e baladas, o uso indevido de fones de ouvido pode prejudicar a audição. "O nível de intensidade de som que entra no aparelho auditivo humano, quando for muito intenso, pode trazer lesão irreversível. Com determinado grau de perda de audição pode haver necessidade do uso de aparelho auditivo", alerta a fonoaudióloga Maria Cristina Alves Corazza.

De acordo com a especialista, que é coordenadora do curso de Fonoaudiologia da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), de Presidente Prudente, antes de as perdas auditivas definitivas acontecerem surgem sintomas como dor de cabeça e zumbido - este último atinge até 30 milhões de pessoas, conforme estima a Sociedade Brasileira de Otologia. Ao haver a perda auditiva, mesmo de grau leve, instalam-se a dificuldade de compreensão da fala e a irritação aos sons intensos, entre outros sintomas.

Maria Cristina dá dicas de como ajustar os ruídos do dia a dia: deixar o volume até a metade do máximo e ouvir pelo limite de uma hora seguida, além de usar fones esquerdo e direito ao mesmo tempo.

Nem todos respeitam as indicações, o que é delicado, pois aparelhos podem atingir até 120 decibéis (dB), quase equivalente à intensidade de pressão sonora produzida por uma arma de fogo. "Acima disso já é limiar de dor, além de ser extremamente lesivo ao ser humano", ressalta a especialista, que também é coordenadora do curso de Fonoaudiologia da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), de Presidente Prudente.

Ainda conforme Cristina, o consumidor deve adquirir fones de marcas mais confiáveis e com selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) ou do órgão regulador do país estrangeiro.

Conheça os tipos de fone

Auriculares: São os mais comuns de se encontrar e requerem atenção, assim como os demais. Ficam acoplados ao ouvido, mas sem entrar no conduto auditivo.

Intra-auriculares: Aqueles que vão dentro do ouvido, geralmente envoltos em uma proteção de silicone. São os que exigem mais cuidados no uso.

Supra-auriculares: Geralmente grandes, cobrindo toda a orelha, são considerados os melhores, pois abafam o som externo, fazem com que não seja necessário aumentar muito o volume.